CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management - ISSN 2448-1041, 5º CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management

Tamanho da fonte: 
ADOÇÃO E PERCEPÇÃO DAS PRÁTICAS GERENCIAIS PADRONIZADAS: UMA ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE EMPRESAS FRANQUEADAS E NÃO FRANQUEADAS DO SETOR DE ALIMENTOS DA GRANDE VITÓRIA
Ronaldo A. Marques, Ricardo Daher Oliveira

Última alteração: 2014-11-19

Resumo


Este artigo investiga se as empresas pesquisadas adotam práticas gerenciais padronizadas e também o grau de percepção de importância de uso dessas práticas gerenciais. Com a crescente competitividade entre as organizações, tem despertado grande interesse o emprego de práticas gerenciais que possam contribuir para o desenvolvimento de estratégias que garantam a satisfação das necessidades dos clientes e a sobrevivência do negócio. O estudo identifica e compara práticas administrativas usadas por empresas franqueadas e não franqueadas no segmento de alimentação. A amostra está composta de cinqüenta e cinco (55) empresas, sendo vinte e quatro (24) empresas franqueadas e trinta e uma (31) empresas não franqueadas localizadas nos Municípios de Vitória e Vila Velha no Estado do Espírito Santo. De um modo geral, os resultados sugerem que as empresas franqueadas apresentam maior índice de adoção das práticas gerenciais investigadas do que as empresas não franqueadas. No entanto os resultados indicam que não é correto afirmar que essas empresas franqueadas apresentam uma maior percepção de utilidade das práticas gerenciais que as empresas não franqueadas.

Palavras-chave


Práticas gerenciais; padronização; empresas franqueadas e empresas não franqueadas.