CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management - ISSN 2448-1041, 5º CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management

Tamanho da fonte: 
A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES NA GESTÃO DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS “FOCO NA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO”
Paulo Lucas Dantas Filho, Alcantaro Lemes

Última alteração: 2014-11-12

Resumo


Para ter credibilidade, a pesquisa e o desenvolvimento em sistemas de informações gerenciais devem ter como suporte a literatura pertinente existente em áreas diferentes, mais relacionadas. Nesse artigo oferece-se um levantamento das bibliografias correlatas, em diferentes campos do conhecimento, buscando identificar as áreas relevantes para pesquisa, enfocando o papel em potencial dos sistemas de informações e suas contribuições para a gestão das universidades públicas.As universidades, como todas as organizações, são criadas para satisfazer as necessidades dos clientes. O cliente da universidade brasileira é a sociedade, que usufrui suas práticas de ensino e dos resultados de suas pesquisas. Contudo, à medida que se expandem as novas tecnologias, as universidades vivem em situação paradoxal, uma vez que a pesquisa e descobertas realizadas dentro das universidades encontram resistências a serem colocadasem prática. As inovações organizacionais passam por depender das novas tecnologias. Daí as universidades pouco têm feito para o uso correto destas ferramentas. Principalmente no gerenciamento das informações contidas nos seus diversos setores. As universidades, principalmente as federais e as estaduais, por serem dependentes de um governo central, onde os sistemas são centralizadores, desenvolvem subsistemas de informação em que muitas vezes não são compatíveis com os sistemas maiores. Pesquisas comprovam que nas universidades, dentro de suas diversas funções, as informações estão fragmentadas, necessitando, portanto, de sistemas de informações gerenciais adequados as suas especificidades.O sucesso ou fracasso da implantação de Sistemas de Informações Gerenciais – SIG estão diretamente ligados ao estudo do contexto da organização na qual eles serão utilizados e na conseqüente criação de um ambiente propício, capaz de garantir o desenvolvimento, a implantação, a aceitação e o uso de um novo sistema. Tudo isso passa pelas pessoas da organização envolvidas no processo e na estratégia a ser utilizada para garantir o sucesso. Assim o desenvolvimento e a implantação de SIG, não são meras ações de instalação e treinamento de usuários.Nos últimos anos, porém, surgiu um interesse crescente em tratar sistemas de informações como ferramenta propicia como recurso organizacional significativo para ajudar na gestão universitária.

Palavras-chave


Gestão da Informação; Sistemas de Informações Gerenciais; Gestão Universitária.