CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management - ISSN 2448-1041, 5º CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management

Tamanho da fonte: 
A REAVALIAÇÃO DE IMOBILIZADOS E SUA RELEVÂNCIA DENTRO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO NA AUDITAGEM INDEPENDENTE
Ildefonso Assing, Luiz Alberton, Renato Vieira de Ávila, Sérgio Marian

Última alteração: 2014-11-04

Resumo


Este artigo visa verificar se a reserva de reavaliação contabilizada no patrimônio líquido das empresas listadas na Bovespa que reavaliaram seus imobilizados é relevante. Para atingir o objetivo, foi discorrido sobre a reavaliação de imobilizados e sua normatização no Brasil, bem como, as regras internacionais e o Impairment. Contemplou-se as vantagens e limitações da reavaliação. Este trabalho é do tipo exploratório, onde a metodologia utilizada contemplou uma abordagem qualitativa na legislação e em bibliografias. Em seguida, fez-se algumas análises quantitativas, onde, em suma, tem-se que, os setores pesquisados são formados por 231 empresas, onde 118 reconheceram a reavaliação no balanço, o que leva a conclusão que mais da metade das empresas da amostra reavaliaram e, por fim, em apenas 2 das 118 empresas a reserva de reavaliação não é relevante dentro do patrimônio líquido.

Palavras-chave


reavaliação de ativos; pontos positivos; pontos negativos; auditoria; relevância.