CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management - ISSN 2448-1041, 5º CONTECSI - International Conference on Information Systems and Technology Management

Tamanho da fonte: 
PRÁXIS DA CONTROLADORIA EM EMPRESAS FAMILIARES BRASILEIRAS
Noemia Schroeder Althoff, Ricardo Marsilio Stédile, Ilse Maria Beuren

Última alteração: 2014-11-04

Resumo


O objetivo do trabalho é analisar a práxis da controladoria em empresas familiares, cujo controle acionário é brasileiro e tem pelo menos um membro da família na gestão da empresa. Foi realizada pesquisa descritiva, por meio de abordagem qualitativa. A população constitui-se das 59 empresas brasileiras identificadas como familiares na dissertação de mestrado de Oro (2006). A pesquisa foi desenvolvida por meio de um estudo multicasos, devido ao número reduzido de empresas que se dispuseram responder o instrumento de pesquisa. O estudo está estruturado sob as perspectivas de aspectos conceituais (conhecimento), procedimentais (funcionamento) e organizacionais (materialidade) propostas por Borinelli (2006) em sua tese de doutorado. Na análise dos dados apresentam-se posturas e atitudes que são adotadas nas empresas familiares brasileiras pesquisadas, evidenciando a práxis da Controladoria. Como resultado da análise tem-se que a Controladoria é concebida como um conjunto de conceitos, filosofias, princípios, processos e práticas que permitem prover informações que auxiliam os gestores na tomada de decisões.

Palavras-chave


Controladoria; Práxis; Empresas familiares.